Logo Nossa Ciência

Divulgação científica é o nosso negócio.

Terça, 22 de Agosto de 2017

Políticas de C&T Terça, 30 de Maio de 2017

Ceará lança Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Uma agenda estratégica de curto, médio e longo prazos será construída com foco na inovação como elemento central na estratégia de desenvolvimento do estado

Realizar a análise situacional da oferta e demanda do sistema de CT&I do Ceará frente aos desafios e com visão de futuro até 2050. Com esse objetivo foi realizado ontem (29) o lançamento oficial da elaboração do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável do Ceará. Para atingir as metas do plano, uma agenda estratégica de curto, médio e longo prazos será construída com foco na inovação como elemento central na estratégia de desenvolvimento.

O documento será vinculado às premissas do "Ceará do Conhecimento", parte integrante do plano estadual de governo. O novo plano de CT&I pretende contribuir para a redução da desigualdade, o combate à pobreza, a preservação do meio ambiente e o aumento da competitividade sistêmica do Ceará, por meio do desenvolvimento científico e tecnológico.

A elaboração do Plano é coordenada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará (Secitece) e contará com a participação das principais instituições do setor, bem como de representantes do sistema produtivo.

O Reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), professor Henry Campos, participou do evento de lançamento, que ocorreu no Sebrae, em Fortaleza. Ele elogiou a iniciativa, afirmou que o Plano corrobora uma visão de futuro para o Estado, concluindo que sem ciência e tecnologia não há desenvolvimento. “A UFC trabalha alinhada às estratégias de desenvolvimento do Ceará, sobretudo nas áreas de CT&I”, lembrou.

O Plano

O novo plano de CT&I pretende contribuir para a redução da desigualdade, o combate à pobreza, a preservação do meio ambiente e o aumento da competitividade sistêmica do Ceará, por meio do desenvolvimento científico e tecnológico. A previsão é que o documento seja concluído em até seis meses, com a colaboração das diversas instituições parceiras do Estado nessa empreitada.

A elaboração do plano contará com cinco reuniões, de maio a novembro, com o objetivo de aportar conteúdos, experiências e conhecimentos específicos e definir os elementos que comporão a estratégia estadual de CT&I.

Ainda nesta segunda-feira, após o evento de lançamento, houve a primeira oficina de trabalho para elaboração do Plano. No próximo dia 1º de junho, haverá um encontro com parceiros na Região do Cariri e, no dia 7 de junho, em Sobral, com participantes da região norte.

Também participaram do lançamento do Plano representantes de diferentes setores no Ceará. A abertura foi feita pelo titular da Secitece, secretário Inácio Arruda, seguido de diretores, presidentes e representantes de instituições como Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), entre outras.

Redação, com informações Secitece e UFC

Voltar página

Deixe seu comentário