Acompanhamento estratégico do Parque Tecnológico Espaço Institucional

sexta-feira, 23 fevereiro 2018
Foto: Divulgação/IMD

Na primeira reunião para estruturar Parque Tecnológico Metrópole Digital, foram traçadas estratégias para sua implantação até 2020. De nove projetos para viabilizar o parque, 4 já estão em execução

O Instituto Metrópole Digital deu um passo importante, nesta segunda-feira, 19, para o processo de estruturação de seu Parque Tecnológico Metrópole Digital. Foi a primeira reunião de acompanhamento estratégico com os principais patrocinadores da iniciativa, a fim de alinhar a evolução dos projetos de implantação do parque, que serão concluídos até 2020.

A reunião contou com a presença do diretor do Parque Tecnológico, professor Anderson Paiva Cruz, assim como de diretores do IMD: Daniel Sabino, o diretor de Ensino; Itamir Barroca, o diretor de Tecnologia da Informação, e o diretor Administrativo, Sérgio Braga; bem como dos principais patrocinadores do Parque e de dois representantes da Secretaria de Gestão de Projetos (SGP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte: Josué Vitor e Manuel Veras. Eles debateram o projeto de credenciamento de empresas, gerenciado por Jocineide Silva, e o projeto de serviços oferecidos pelo parque, gerenciado por David Coelho.

Novos encontros acontecerão conforme a demanda de acompanhamento dos projetos, tendo sua próxima reunião agendada para o mês de abril. Em reunião prévia, a equipe elaborou nove projetos, necessários para fazer com que Parque Metrópole fosse implantado até 2020. Desses 9 projetos, 4 já estão em execução neste ano de 2018. Na reunião dessa segunda-feira os dois principais projetos já foram validados pela equipe.

Segundo Josué Vitor, da Secretaria de Gestão de Projetos da UFRN, a reunião visa a otimizar o serviço dos gerentes de projetos, por isso o acompanhamento da SGP. De acordo com Vitor, “as reuniões estratégicas servem para que os gerentes dos projetos digam como está o andamento desses, mostrem a evolução do cronograma, a entrega dos projetos, e as dificuldades que aparecerão, para que possamos criar juntos”.

O Parque Metrópole, criado pelo Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no dia 2 agosto de 2017, objetiva fomentar, apoiar e desenvolver atividades relacionadas à ciência, tecnologia, empreendedorismo e inovação, integrando a sinergia entre academia, governo e empresas, por meio de atividades orientadas para a geração e/ou uso intensivo da ciência e da Tecnologia da Informação e Comunicação, e cumpre a missão do Instituto Metrópole Digital, de promover a criação e o fortalecimento de um polo de desenvolvimento em TI no Rio Grande do Norte.

Empresas que desejam se cadastrar para o Parque Tecnológico, podem clicar aqui

Assessoria de Comunicação IMD-UFRN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital