De Macaíba para o Japão Geral

quinta-feira, 5 julho 2018
Lorena Andreoli (Foto: Divulgação IIN-ELS)

Lorena Andreoli, Mestre em Neuroengenharia pelo IIN-ELS, é a primeira brasileira aprovada no doutorado do Okinawa Institute of Science and Technology

A aluna Lorena Andreoli, que em fevereiro deste ano defendeu sua dissertação no Mestrado em Neuroengenharia do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), é a primeira brasileira a ser aprovada no programa de doutorado do Okinawa Institute of Science and Technology (OIST Graduate University), no Japão. o IIN-ELS fica localizado no município de Macaíba, região metropolitana de Natal.

No mestrado, Andreoli desenvolveu uma caracterização comportamental e eletrofisiológica de um modelo experimental com esquizofrenia por isolamento social. Ela pesquisou o comportamento neural do modelo para tentar dentificar anormalidades nas vias neurais associadas ao distúrbio.

Redação com informações do IIN-ELS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital