Especialista em violência defende criação de Sistema Único de Segurança Pública Geral

quarta-feira, 7 março 2018

Em sessão temática no Senado, o professor Cesar Barreira, da UFC, afirmou que o tema é de ordem nacional como educação e saúde

O pesquisador Cesar Barreira, da Universidade Federal do Ceará, defendeu a adoção de um sistema único de segurança pública para o Brasil, por compreender que esse é um assunto de ordem nacional, como economia, saúde e educação. A argumentação foi apresentada em sessão temática sobre segurança pública, realizada no Senado Federal nesta terça (6).

Para Barreira, que é coordenador do Laboratório de Estudos da Violência, a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública é o reconhecimento da importância do tema, e o estabelecimento de um planejamento estratégico é o principal desafio do novo ministro. Ele entende que o ministério poderia reforçar a ideia de um pacto federativo entre União, estados e municípios.

Escola Nacional

O professor também defendeu a criação de uma escola nacional de altos estudos em segurança pública, pautada na qualificação do profissional de segurança pública a partir de uma visão humanística e uma capacitação técnica e gerencial.

Além disso, argumentou pela instituição de uma comissão formada pelos poderes Judiciário e Legislativo, Ministério Público e estudiosos do tema, de modo a garantir a mediação entre os profissionais da segurança e o poder público.

Barreira ressalta, ainda, que o trabalho do novo ministério deve levar em conta a produção já feita por pesquisadores nos últimos anos. “Nessa perspectiva, é importante agregar diferentes experiências de segurança nacional e estrangeiras, além de procurar selecionar experiências exitosas.”

Redação, com informações Ascom UFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital