Morre José Marques de Melo Geral

quarta-feira, 20 junho 2018
Professor José Marques de Melo (Fonte: Portal Intercom)

O professor e pesquisador alagoano foi um dos grandes teóricos da comunicação na América Latina e primeiro doutor em Jornalismo no Brasil

Natural de Palmeira dos Índios, Alagoas, José Marques de Melo se graduou em jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (1964), passou por jornais em Maceió e depois partiu para o sudeste, onde se tornou o primeiro doutor em Jornalismo do país pela Universidade de São Paulo, em 1973.

Marques de Melo desenvolveu trabalhos com temas voltados para a ciência da comunicação, o jornalismo brasileiro, gêneros jornalísticos, jornalismo científico, folkcomunicação e o pensamento comunicacional latino-americano. Foi um dos maiores nomes da pesquisa na área da Comunicação na América Latina, com muito respeito internacional e referência para vários estudantes e pesquisadores da área. No Brasil, formou gerações de jornalistas e pesquisadores acadêmicos, orientando uma centena de pós-graduandos, dos quais 72 mestres e 28 doutores.

Também dirigiu do Departamento de Jornalismo da Escola de Comunicações Culturais, que depois se transformou na ECA/USP. Pesquisador 1A do CNPq, publicou 25 livros, organizou 73 coletâneas e  publicou artigos em periódicos científicos do país e do exterior.

Perseguido durante a Ditadura, o professor foi impedido durante anos de exercer a docência em universidades públicas brasileiras e reassumiu sua cátedra na USP após a Anistia de 1979. Melo respondeu a inquérito policial militar e somente em 2015 recebeu  pedido formal de desculpas do Estado Brasileiro. O professor veio a óbito na tarde desta quarta-feira (20), aos 75 anos, vítima de um infarto em sua residência, na cidade de São Paulo.

Em sua homenagem, a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), lançaram o Prêmio de Jornalismo Científico José Marques de Melo, que terá a segunda edição em 2018.

Redação

3 respostas para “Morre José Marques de Melo”

  1. Ele foi grande mesmo, um orgulho para Alagoas. Em nome da Fapeal, agradeço pelo registro.

  2. Ele foi grande mesmo, um orgulho para Alagoas. Como coordenadora do Prêmio de Jornalismo Científico José Marques de Melo pela Fapeal e em nome da instituição, agradeço o registro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital