Projeto piloto na área de Saúde une UFRN e Universidade do Havaí

quarta-feira, 3 maio 2017

Pela parceria Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi inicia Capacitação em Pesquisas Epidemiológicas

A Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com a Universidade do Havaí, iniciou na semana passada a Capacitação em Pesquisas Epidemiológicas na Saúde. Duas professoras da instituição parceira, Catherine Pirkle e Tetine Sentell, estiveram em Santa Cruz para acompanhar a abertura do curso que faz parte de um projeto piloto financiado pelo Fogarty International Center, do National Institutes of Health, nos Estados Unidos. O grupo envolvido no projeto visitou em março, o pró-reitor de Pós-Graduação da UFRN, professor Rubens Maribondo, para agradecer o apoio institucional na concretização do trabalho.

“Esta é a segunda vez em que ministro aulas na Facisa, onde encontro estudantes engajados e motivados com esse projeto do qual devemos nos orgulhar. Afinal, conseguimos viabilizá-lo após vencer uma competição global pelo financiamento de uma renomada instituição norteamericana”, frisou Chaterine Pirkle, principal investigadora juntamente com a professora Saionara Maria Aires da Câmara, da Facisa. Segundo Rubens Maribondo, o suporte prestado pela UFRN reconhece a importância do trabalho que apresentará efetivos resultados acadêmicos para ambas as instituições.

Na Facisa, serão beneficiados alunos dos cursos de graduação em Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Enfermagem, além das pós-graduações em Ciências da Reabilitação e Saúde Coletiva. O curso iniciado na última segunda-feira, 27, contou ainda com aulas do professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Marlos Domingues, e do professor da Universidade de Toronto, no Canadá, Diego Bassani, que também atua no Sick Kids Hospital.

Pós-graduação e estágio

A capacitação vai até o início de maio e posteriormente dará lugar à segunda fase do projeto, que consiste em um estudo longitudinal com o acompanhamento de gestantes para identificar as relações entre gravidez precoce e condições de saúde. Participarão dessa etapa os estudantes que ganharão bolsas de pesquisa a partir do desempenho na capacitação em Pesquisas Epidemiológicas.

Dois alunos de pós-graduação ainda serão contemplados com um estágio de curta duração na Universidade do Havaí por meio da parceria, considerada importante pelo vice-diretor da Facisa, Dimitri Taurino Guedes, para fortalecer a interiorização por meio da internacionalização. “A partir desse estudo piloto, pretendemos avançar no futuro com maior financiamento e mais universitários envolvidos”, ressaltou Saionara Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital