Radiotelescópio será instalado na Paraíba Geral

terça-feira, 22 agosto 2017

A UFCG integrará consórcio internacional para a construção do equipamento no sertão

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) irá integrar um consórcio internacional para a construção e operação de um radiotelescópio que permitirá grandes avanços em pesquisas astrofísicas.

De acordo com o professor Luciano Barosi, da Unidade Acadêmica de Física, o equipamento, que inicialmente seria construído no Uruguai, será instalado na Paraíba. “Ainda não foi definido o local exato. Provavelmente será no Sertão”, adiantou.

O projeto, denominado Bingo (sigla em Inglês para Oscilações acústicas de Baryon em Observações de Gás Neutro), é liderado pela Universidade de Manchester, na Inglaterra, e conta com colaboradores no Brasil, Suíça e Uruguai.

Apresentação

O radiotelescópio não terá partes móveis. Contará com dois espelhos de aproximadamente 40 metros de diâmetro cada. Com o equipamento, pesquisadores de vários países pretendem obter informações sobre diversos fenômenos espaciais, como a distribuição das galáxias, a expansão do Universo e a quantidade de matéria escura.

A assinatura do convênio com a UFCG deve acontecer nas próximas semanas. Na última sexta, dia 18, ocorreu uma apresentação do projeto a pesquisadores interessados em participar do experimento.

“A construção, manutenção e análise dos dados dependem de uma equipe multidisciplinar e consideramos importante que membros da comunidade acadêmica da Paraíba estejam diretamente envolvidos”, observou Barosi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital