Retrospectiva 2017: cientistas marcham em todo o Brasil Especial

terça-feira, 9 janeiro 2018
Pesquisadores brasileiros têm feito manifestações contra os cortes.

Nossa Ciência recorda momentos importantes de 2017. Cientistas brasileiros denunciaram os cortes e o descaso com a pesquisa no país

Desde o anúncio da fusão do Ministério da Ciência com o Ministério das Comunicações após o impeachment de Dilma Rousseff, cientistas brasileiros têm saído às ruas para protestar contra os cortes e o descaso com a pesquisa. O sucateamento se acentuou em 2017, e para 2018, o orçamento sancionado foi de R$ 4,7 bilhões, 25% a menos do valor aprovado para o ano anterior.

As Marchas pela Ciência foram realizadas com a finalidade de chamar a atenção da população para os drásticos cortes em C&T nos últimos anos e como forma de pressionar politicamente os parlamentares para que fossem revertidos. Os atos, promovidos por associações científicas e acadêmicas, com apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), levaram às ruas professores e estudantes em defesa de um orçamento justo para o desenvolvimento científico do país. Relembre:

Nordeste participa da Marcha pela Ciência (20/04/2017) 

Protestos e alertas à sociedade marcaram a Marcha pela Ciência (23/04/2017)

Galeria: Marcha pela Ciência em Natal, Petrolina, Fortaleza e Recife (01/09/2017)

Marcha pela Ciência em Natal (24/09/2017)

Primavera da Ciência (25/09/2017)

Marcha Pela Ciência é realizada em 5 capitais brasileiras (10/11/2017)

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital