Sudene e PNUD discutem Plano de Desenvolvimento do Nordeste Geral

quarta-feira, 21 março 2018
Sudene e PNUD se reuniram no seminário “Caminhos para o Desenvolvimento do Nordeste”. (Foto: Ascom/Sudene)

Parceria busca impulsionar a região para o cumprimento dos objetivos da Agenda 2030 das Nações Unidas

Quando se analisa o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) dos estados brasileiros, percebe-se uma disparidade entre os estados do Norte e Nordeste, situados entre 0,600-0,699 (IDHM médio), se comparados aos estados das Regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, situados entre 0,700-7,699 (IDHM alto) – assim como o Distrito Federal, situado no intervalo entre 0,800-1 (IDHM muito alto). Todas as 12 Unidades da Federação com os menores índices e agrupadas na faixa do médio desenvolvimento humano estão localizadas nas regiões Norte e Nordeste.

Para melhorar esse quadro, a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) estabeleceram parceria e, juntos, buscarão impulsionar a região para o cumprimento dos objetivos da Agenda 2030, que corresponde ao conjunto de programas, ações e diretrizes que orientarão os trabalhos das Nações Unidas e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável.

Concluídas em agosto de 2015, as negociações da Agenda 2030 culminaram em documento que propõe 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas correspondentes, fruto do consenso obtido pelos delegados dos Estados-membros da ONU.

Os ODS são o cerne da Agenda 2030 e sua implementação deve ocorrer entre 2016-2030.  Os objetivos representam um chamado para ações contra a pobreza e proteção do planeta. Incluem temas como as mudanças climáticas, agricultura sustentável, promoção da igualdade de gênero, energia acessível e limpa, garantia de acesso à água potável e saneamento, entre outros.

Os 17 pontos dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. (Imagem: PNUD Brasil)

 

Plano de desenvolvimento 

A iniciativa, que resulta de acordo de cooperação técnica entre a Sudene e o PNUD, reuniu em 14 de março, no seminário chamado “Caminhos para o Desenvolvimento do Nordeste”, a equipe técnica da órgão e representantes de instituições que atuam com planejamento de políticas públicas e desenvolvimento econômico e social.

Durante o evento, a Sudene disponibilizou um questionário online para que os participantes pudessem opinar sobre o conteúdo do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) e quais poderiam ser os modelos de governança do projeto.

Parte das perguntas apresentou uma lista de opções para que os respondentes elegessem os temas prioritários a serem analisados pela autarquia na construção do Plano e quais os principais entraves ao desenvolvimento regional sustentável. As informações colhidas por meio da plataforma subsidiarão a formulação das projeto.

Também estiveram presentes no seminário representantes do Tribunal de Contas da União (TCU), BNDES e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex – Brasil).

 

 

Luana França com informações do PNUD Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital