UFRN recebe quinta carta-patente Inovação

terça-feira, 20 fevereiro 2018

Máquina para quebra de coco licuri foi desenvolvida por professores do Departamento de Engenharia Mecânica da UFRN e IFBA

Também conhecido como ouricuri, aricuri, nicuri e alicuri, o licuri é um pequeno coco encontrado no semiárido baiano. Suas propriedades nutritivas e peso socioeconômico foram descobertos em pesquisa científica realizada no o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), que destacou o valor funcional do alimento rico em substâncias como selênio, ferro, cálcio, magnésio e zinco.

Por meio do Projeto Licuri, do IFBA, são desenvolvidos produtos como farinha, cocadas, sorvetes e geleias, atuando para fortalecer a cadeia produtiva do licuri. A construção de tecnologias sociais tem possibilitado o resgate da cultura extrativista no semiárido baiano, onde uma parceria entre o IFBA e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) gerou o modelo de utilidade intitulado “Máquina para quebra de coco licuri e similares”.

A máquina conquistou a quinta carta-patente da UFRN, deferida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) no último dia 14 de fevereiro, a primeira da instituição em 2018. A titularidade é dividida com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). O produto foi desenvolvido pelos professores Raimundo Ferreira da Silva (IFBA), Ivo Ferreira da Silva (IFBA) e Ângelo Roncalli Oliveira Guerra, do Departamento de Engenharia Mecânica da UFRN.

 

Redação com informações da Ascom/UFRN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital