ANPG se manifesta sobre a Capes e os cortes na área de educação e CTI Políticas de C&T

terça-feira, 27 abril 2021

Associação apresenta um plano para a superação da crise no setor

A Associação Nacional de Pós Graduandos (ANPG) divulgou documentos se manifestando sobre duas questões que atingem a comunidade científica:  a troca de direção da CAPES e os novos cortes na área de educação, ciência, tecnologia e inovação.

A exemplo de outras entidades, a ANPG veio a público externar sua preocupação diante das mudanças promovidas na direção da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

“É importante frisar que a instabilidade de gestões não pode ser fator de fragilização da pós-graduação brasileira.  Assim, o pleno funcionamento dessa agência deve ser observado como parte das políticas de Estado, as quais precisam ser perenes e não dependentes do governo de turno”, aponta o documento.

Na nota sobre os cortes na área de educação e CTI, a Associação diz que tem “acompanhado com preocupação, nos últimos anos, a depreciação do orçamento para essas áreas, que impacta diretamente as/os Pós-graduandas/os que se encontram, em grande parte, sem bolsa e sem financiamento para suas pesquisas.”

Veja os documentos na íntegra:

ANPG em defesa da CAPES

Nota sobre os cortes na área de educação e CTI

 

Fonte: ANPG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital