Cresce participação paraibana no Inovativa Brasil Inovação

segunda-feira, 25 abril 2016

Entre os mais de 300 inscritos, projeto de queijo de leite de cabra da Caprimais é um dos selecionados

Oferecer condições de aceleração para negócios inovadores. Esse é o objetivo principal do Programa InovAtiva Brasil, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Treze empreendimentos da Paraíba estão selecionados para participar da 1ª Etapa do Ciclo de Aceleração InovAtiva Brasil 2016.1. De um total de 1.372 propostas recebidas para esse ciclo, as cidades paraibanas de João Pessoa e Campina Grande se destacaram por terem apresentado um dos cinco melhores projetos avaliados dentre os 300 selecionados no país.

O projeto Queijo de Leite de Cabra Condimentado, da Caprimais, localizada no município de Santo André, a 250 quilômetros de João Pessoa, está entre os 13 empreendimentos da Paraíba selecionados. A empresária Darimagda da Silva Pereira tem como expectativa adquirir conhecimentos na área de administração capazes de promover a ampliação da empresa, que toca juntamente com o marido desde 2013. Outro objetivo da empresária é conhecer possíveis investidores e novos mercados para o queijo de leite de cabra, que por enquanto ainda é o único produto da empresa.

A Caprimais é uma das empresas da Incubadora de Agronegócios das Cooperativas, Organizações Comunitárias, Associações e Assentamentos Rurais do Semiárido da Paraíba (Iacoc), sediada no Programa de Estudos e Ações para o Semiárido (Peasa), da Universidade Federal de Campina Grande.

Estruturação

De acordo com Vicente Albuquerque diretor do Peasa, de abril a julho, as startups habilitadas receberão capacitação, mentorias individuais e coletivas com executivos experientes e conexão com possíveis parceiros e investidores. “O programa permite que startups das mais remotas regiões do país tenham acesso a conteúdo de treinamento específico para a realidade delas, além de terem acesso a mais de 450 executivos do Brasil e do mundo para ajudá-las na estruturação do negócio”, informa.

Avaliando positivamente a participação das empresas paraibanas nessa edição do programa, a agente InovAtiva Maria Helena Silva compara a inscrição em 2015 e 2016. “Em 2015 não teve nenhuma empresa paraibana inscrita e em 2016 foram 49 projetos apresentados”, comemora. Ligada ao Parque Científico e Tecnológico da Paraíba, a agente é responsável por divulgar o programa e captar possíveis empresas participantes, além de orientar no desenvolvimento do projeto.

Melhores

O aumento e a diversificação de candidatos consolidaram o InovAtiva como um programa de abrangência nacional com atuação nos mais variados setores. Este ano foram selecionados 21 estados, em mais de 20 setores diferentes da economia. Segundo o Secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Marcos Vinícius de Souza, os 5 melhores projetos avaliados até esta fase vieram de Campina Grande/PB, Goiânia/GO, Timbó/SC e Fortaleza/CE. O setor de Tecnologia da Informação (35%) continua sendo o mais presente, seguido do de Saúde (14%) e Serviços (11%).

Sobre o InovAtiva Brasil

Criado em 2013 pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o InovAtiva Brasil é um programa que auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia mas pouco conhecimento de negócio, oferecendo capacitação e mentoria para o estabelecimento de novos negócios inovadores. O programa oferece capacitação em empreendedorismo inovador, conexão com parceiros, mentoria com profissionais renomados e vantagens em outros programas públicos e privados de fomento à inovação. Toda a Comunidade InovAtiva de usuários cadastrados pode acessar gratuitamente o conteúdo de capacitação em cursos. Já a participação nos ciclos de aceleração é restrita a projetos inscritos e aprovados pelos avaliadores do programa. São até 300 vagas disponíveis para a primeira etapa de cada ciclo, até 125 para a etapa final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital