“Em tempos de escassez federal, a Fapeal lança edital para amparar laboratórios” Políticas de C&T

segunda-feira, 14 novembro 2016

João Vicente Lima, diretor científico da fundação alagoana anuncia que investimento será na ordem de R$ 600 mil para a manutenção de laboratórios de pesquisa do estado

Com o objetivo de fortalecer a área da pesquisa, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) vai investir 600 mil reais, recurso integralmente estadual, no edital de apoio à Manutenção e Instalação de Equipamentos Multiusuários. Foram aprovadas quinze propostas que visam financiar a manutenção ou instalação de equipamentos já adquiridos pelas instituições de pesquisa.

“Este programa vem apoiar o funcionamento mínimo dos laboratórios dos grupos de pesquisa sediados em Alagoas, permitindo que as atividades rotineiras de pesquisa e produções continuem”, explica João Vicente Lima, diretor científico de C,T&I da Fapeal. O gestor ressalta que neste momento de grande escassez dos editais federais, a Fapeal vem amparar estas carências.

Otimização

A chamada convocou os laboratórios acadêmicos e coordenadores dos Programas de Pós-Graduação (PPGs) alagoanos a submeterem propostas, já que fortalecer este setor é uma das prioridades da atual gestão da Fapeal.

Na seleção, foram priorizados projetos de laboratórios de uso compartilhado por pesquisadores de pelo menos três programas de pós-graduação.

Foram consideradas propostas que buscassem realizar um maior intercâmbio entre os grupos de pesquisa, contemplando similarmente os objetivos de impactar na melhoria substantiva da qualidade das teses de doutorado e dissertações de mestrado feitas no estado.

“O edital é de extrema importância para a adequação deste ambiente de alto nível em produção científica. O apoio permite em médio prazo uma maior interação entre os pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e também com os pesquisadores da indústria, preenchendo lacunas”, frisa Glauber Ferreira, aprovado na chamada e professor do Instituto de Física (IF) na Ufal.

A partir da disponibilização do recurso, os pesquisadores contarão com doze meses para aplicarem os mesmos e prestarem contas à Fapeal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital