Espaço Eureka: aproximando os jovens da ciência Educação

segunda-feira, 27 agosto 2018

Com equipamentos lúdicos e interativos, novo espaço aberto em Natal conta com salas com exposição permanente de Ciência e Tecnologia

Diversão, educação e ciência juntas num mesmo lugar. Assim foi pensado o Espaço Eureka que funciona na Cidade da Criança, em Natal (RN). O espaço contém uma exposição permanente de Ciência e Tecnologia composta por equipamentos lúdicos e interativos de quatro áreas do conhecimento: Matemática, Física, Biologia e Astronomia. Ele conta com equipamentos cedidos por pesquisadores e instituições de apoio, além de outros itens adquiridos especialmente para esta iniciativa.

A idealizadora do Espaço Eureka foi a professora Isaura Rosado, da Sociedade Amigos da Pinacoteca, e a realização conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern) e Fundação José Augusto (FJA). A concepção das salas temáticas é assinada pelo professor José Roberto V. Costa e os mediadores são estudantes de Licenciatura em Ciências Exatas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

O espaço, aberto ao público no dia de 10 de agosto, está preparado para receber visitas monitoradas que poderão ser agendadas para turmas do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. A comunidade e os estudantes irão conhecer as quatro salas temáticas assim denominadas: Sala da Vida, Sala da Imagem, Sala Céu e Terra e Sala Força e Movimento. Na área externa há painéis sobre ilusão de ótica, evolução das espécies e a história do Universo.

Réplicas de crânios de ancestrais humanos na Sala da Vida. Foto: Edna Ferreira

Aproximação com a ciência

Para o professor João Maria de Lima, presidente da Fapern, esse é um espaço para os estudantes interagirem com a ciência. “O Espaço Eureka aproxima a ciência da população, da comunidade, não é só para os estudantes. É fundamental que a sociedade veja que a ciência está presente no nosso dia-a-dia, ela não é algo distante, irreal. Espaços como esse são fundamentais para difundir não só a ciência, mas também para difundir o gosto pela pesquisa, pela interatividade com esses elementos”, ressaltou.

O Espaço Eureka conta com diversos equipamentos lúdicos, muitos deles interativos como a bicicleta geradora, que demostra como gerar eletricidade pedalando sem sair do lugar. Outro exemplo é o Geochron, um relógio diferente que mostra as horas de todos os lugares do mundo ao mesmo tempo. “É uma verdadeira obra de arte da tecnologia. O Geochron permite saber os lugares que estão anoitecendo ou amanhecendo, a duração do dia, a posição do Sol e as estações do ano, entre outras informações”, detalhou o professor José Roberto Costa.

Os visitantes também encontrarão um modelo gigante do DNA em exposição na Sala da Vida, três réplicas fieis de crânios de ancestrais humanos, um esqueleto do homem moderno completo, o apaixonômetro, um insetário, a pilha de Volta, condutores e isolantes, plataforma giratória, o teorema de Pitágoras, meteorologia, o robô lunar, entre outras atrações. Na área externa, o Espaço Eureka ainda conta com dois painéis gigantes: o “Calendário Cósmico” e as “Viagens de Darwin”, além de uma série sobre Ilusões de ótica.

O professor José Roberto (dir) apresenta o espaço para os visitantes. Foto: Divulgação.

Outros projetos

De acordo com Amaury Silva Veríssimo Júnior, presidente da FJA, no Espaço Eureka foi possível unir ciência, tecnologia, cultura e educação. “Alcançamos nosso objetivo, mas essa é mais uma ferramenta, ainda há muito a ser feito e estamos trabalhando para isso”, afirmou.

O presidente da Fapern, João Maria de Lima revela que outros projetos estão prontos para serem entregues à sociedade potiguar, como a Caravana da Ciência e o Ônibus Interativo. Até outubro, quando se realiza a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), será inaugurado o Ônibus Interativo, também na Cidade da Criança. “Já está tudo pronto, a parte da Fapern já foi cumprida, e o ônibus interativo com ciência e cinema vai ficar permanente na Cidade da Criança. Falta apenas a Fundação José Augusto dizer aonde o ônibus deve ser instalado. Esse será mais um espaço para as pessoas visitarem na capital potiguar”, apontou Lima.

Espaço Eureka

Funcionamento: Visitas agendadas para escolas nas terças e quartas (pela manhã) e quintas e sextas (pela tarde). Visitas espontâneas (público em geral) nos domingos das 14 às 18h.

Agendamento de escolas: pelo telefone (WhatsApp): (84) 98820-7898

Edna Ferreira

Uma resposta para “Espaço Eureka: aproximando os jovens da ciência”

  1. WELLINGTON disse:

    GOSTARIA DE PARABENIZAR OS IDEALIZADORES DESSE EXCELENTE PROJETO AO ABRIR UM ESPAÇO, PARA O PÚBLICO EM GERAL, A FIM DE UNIR CONTEÚDOS VOLTADOS PARA A CIÊNCIA, TECNOLOGIA, CULTURA E EDUCAÇÃO…CONTUDO, GOSTARIA DE SUGERIR, DENTRO DESSE mesmo CONTEXTO, TAMBÉM, UM ESPAÇO PARA PESQUISAS TIPICAMENTE BRASILEIRAS.

    APROVEITANDO O ENSEJO GOSTARIA, TAMBÉM, DE FAZER UMA ABORDAGEM SOBRE A NECESSÁRIA REVISÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS

    MUITOS CONCEITOS DA CIÊNCIA, PRINCIPALMENTE NA ÁREA DA FÍSICA, MERECEM UMA REVISÃO E, PORTANTO, O QUE ERA CONSIDERADO, NO PASSADO, COMO VERDEIRO, HOJE NUMA ANÁLISE MAIS APURADA, PODER-SE-IAM VERIFICAR QUE NÃO CONDIZEM COM A VERDADE. COMO EXEMPLO, O PRÓPRIO ALBERT EINSTEIN JÁ ADMITIA QUE UM DIA SUAS TEORIAS SERIAM SUPLANTADAS; SENDO ASSIM, NÃO DEVEMOS TOMAR, POR VERDADEIRO O QUE A CIÊNCIA CONSIDEROU VERDADEIRO NO PASSADO.
    EM GERAL, “NÓS BRASILEIROS”, ESTAMOS ACOSTUMADOS A ESTUDAR E DEFENDER TEORIAS QUE OUTROS ESTUDIOSOS ESTRANGEIROS APRESENTAM AO MUNDO, E ESQUECEMOS QUE O MAIS IMPORTANTE, É TERMOS O DEVIDO SENSO CRÍTICO DIANTE DE TUDO QUE NOS É TRANSMITIDO… DEVEMOS SIM, ESTUDARMOS PARA DEFENDERMOS NOSSAS PRÓPRIAS TEORIAS E NÃO TEORIAS DOS OUTROS, QUE NA SUA MAIORIA, ESTÃO EQUIVOCADAS, COMO É NO CASO, PARA MIM, A QUESTÃO DO(A): “TEORIA DA RELATIVIDADE GERAL”; “TEORIA DO BIG BANG”;O VERDADEIRO CONCEITO DO QUE SEJA A “GRAVIDADE”; A EXISTÊNCIA DE PARTÍCULAS NEUTRAS NO NÚCLEO DO ÁTOMO; ETC.
    CABE AOS MEROS SERES HUMANOS, E AOS HOMENS DE BOA VONTADE, DESVENDÁ-LAS, SEJA POR DEDUÇÃO E/OU LIVRE ARBÍTRIO OU POR INTERVENÇÃO/INSPIRAÇÃO DIVINA; CONTUDO, AOS CIENTISTAS, É INCUMBIDA A RESPONSABILIDADE DE COMPREENDER, DE FORMA VERDADEIRA, OS MISTÉRIOS CONTIDOS NO UNIVERSO, CORROBORANDO COM O QUE O ETERNO NOS DEIXOU!
    EIS A QUESTÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital