Professoras da UFS criam observatório de segurança alimentar e nutricional Saúde

terça-feira, 26 julho 2016

Silvia Voci faz parte do projeto que pretende facilitar o acesso a informações essenciais para o planejamento, discussão e acompanhamento de políticas públicas ligadas à segurança alimentar e nutricional

UFS – Atentas às dificuldades para obter dados regionais relativos à segurança alimentar e nutricional, as professoras Silvia Voci, Andhressa Fagundes e Danielle Goes uniram esforços para criar o Observatório de Políticas Públicas de Combate à Pobreza e Garantia de Segurança Alimentar e Nutricional de Sergipe (Osanes). As pesquisadoras, vinculadas ao Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Sergipe (UFS), acreditam que o Osanes irá facilitar o acesso a informações essenciais para o planejamento, discussão e acompanhamento de políticas públicas ligadas à segurança alimentar e nutricional.

Planejado para ser uma estrutura que contemple os três grandes eixos que regem a universidade (pesquisa, ensino e extensão), o Osanes iniciou suas atividades em fevereiro deste ano, apoiado pelo edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Extensão (Pibix). Em novembro do ano passado o projeto do Observatório foi aprovado também pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec).

Com poucos meses de atividade, o Observatório firmou uma parceria com a Embrapa Tabuleiros Costeiros por meio da qual serão analisados os impactos dos equipamentos hídricos na vida dos agricultores familiares.

Além disso, o Osanes tem como intuito propagar a Rede Global de Ensino, Pesquisa e Extensão em Nutrição, Soberania e Segurança Alimentar (Rede Nutri SSAN),criada no início do ano através de uma parceria entre os Ministérios das Relações Exteriores e da Ciência e Tecnologia. A Rede é um importante espaço em que os seus membros podem divulgar experiências exitosas e, ao mesmo tempo, terem acesso a materiais compartilhados interessantes, estarem atualizados a respeito de eventos, editais, financiamentos, dentre outras oportunidades. A Rede pode ser acessada por qualquer pessoa interessada e envolvida com os temas, por meio da solicitação de registro.

Observatório

Segundo a coordenadora do Observatório Silvia Voci, em sua fase inicial, o projeto irá compilar as informações relacionadas ao tema de segurança alimentar e nutricional já existentes em grandes bases de dados nacionais para a construção de uma matriz de indicadores para o estado de Sergipe, funcionando como o cérebro do Observatório. Além disto, o estudo de implantação do Observatório coletará dados referentes a 16 municípios sergipanos, distribuídos em oito regiões do estado, selecionados a partir dos seus Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), visando ao levantamento das demandas de informações por parte dos gestores públicos.

Com a matriz concluída, o Osanes irá gerar publicações científicas e didáticas, além de proporcionar cursos de capacitação para gestores públicos, conselheiros de alimentação escolar e agricultores familiares. “A ideia mais ambiciosa é ter um espaço no Portal da UFS para divulgar todas essas informações”, informa Silvia.

De acordo com a professora, não há Observatórios na área de segurança alimentar e nutricional no Nordeste. Desse modo, a ideia é divulgar o projeto para que “sirva de referência para outros estados do Nordeste”. Além disso, ela espera que outras áreas de conhecimento da UFS, bem como colaboradores externos, se aproximem da proposta.O Observatório funciona, temporariamente, no prédio do Departamento de Nutrição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital