Soluções inovadoras para cadeia produtiva do leite Inovação

quinta-feira, 8 agosto 2019
Parte da equipe Techninja (Foto: João Vital/Governo Cidadão - Divulgação)

Estudantes apresentaram soluções para a gestão dos negócios na Vacaton

Depois de 48 horas imersos na busca por uma solução inovadora para os produtores de leite do Estado, os estudantes que participaram do Vacaton durante o 15º Encontro Nordestino de Leite e Derivados (Enel), realizado em Natal (RN), chegaram ao final da competição com pelo menos três propostas para aprimorar a gestão dos negócios. Os vencedores saíram do IFRN – Campus de Apodi, Escola Agrícola de Jundiaí (UFRN) e Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa).

A estudante Natália Vitória, do curso de Tecnologia da Informação da Ufersa em Pau dos Ferros, ficou em terceiro lugar junto com sua equipe Techninja, que criou o aplicativo web e mobile Agroleite, com o objetivo de coordenar todas as finanças de uma fazenda produtora de leite. “Por meio dele o produtor e o zootecnista responsável poderão controlar desde a quantidade de leite produzido, o tamanho do rebanho, possíveis doenças que possam ocorrer e até falhas na produção. É feito o cadastro das vacas e as informações são atualizadas mensalmente”, conta. Pela colocação, os integrantes ganharam cinco headphones.

48 horas de imersão

O analista técnico do Sebrae e coordenador do Vacaton, Daniel Dias, explica que o objetivo da competição era reunir alunos de Ciências Agrárias e Tecnologia da Informação para juntos pensarem em soluções tecnológicas para ajudar o homem do campo a gerir sua produção. Foram 70 participantes, divididos em 14 equipes, vindos de universidades de Apodi, Angicos, Grande Natal e Natal.

“Foram 48 horas de imersão que começaram com uma palestra de ação, seguida pela explanação de um produtor de leite de médio porte, que elencou aos participantes três principais problemas da cadeia produtiva. A partir disso, eles realizaram pesquisas e começaram a criar as soluções inovadoras”, conta Dias. Os estudantes tiveram que propor soluções para três entraves: dimensionamento da produção dos animais; controle zootécnico e financeiro e aglutinação de logística para produção.

As propostas surpreenderam a comissão julgadora, que se deparou até com aplicativos prontos para serem usados. A ideia vencedora da competição foi a Farm Control, uma ferramenta para controle da propriedade desenvolvida pela equipe Oeste Potiguar, do IFRN de Apodi. Os alunos Fredson Philipe, Gustavo Gomes, Juliana Maria, Ruan Kennedy e Wender Enzo ganharam uma viagem para conhecer o Porto Digital, em Recife. O segundo lugar ficou com a equipe Fahaj (UFRN), que apresentou a solução Nutricon, e recebeu cinco tablets, um para cada integrante.

Caminho certo

Para o calouro de TI Isaac Souza, da Ufersa de Pau dos Ferros, participar do Vacaton foi uma grande experiência porque pôde perceber que está no caminho certo. “Aprendi a trabalhar em equipe e tive ainda mais certeza de que quero trabalhar com hardware, seguir a carreira de engenheiro de computação”, pontuou.

O Vacaton é uma competição de ideias inovadoras entre estudantes universitários, que buscam soluções para a cadeia produtiva do leite. A realização é do Sebrae do Rio Grande do Norte, Governo do Estado, Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado, através do Senar-RN.

(Fonte: Governo Cidadão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital