UFPE contemplada com recursos do CNPq para pesquisa em Inovação Tecnológica Geral

quinta-feira, 10 setembro 2020

Foram aprovados 12 projetos que se inserem nas áreas preestabelecidas pela CNPq

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi contemplada com R$ 1,2 milhão no Edital MAI/DAI do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sobre propostas para programa de Mestrado Acadêmico para Inovação e Doutorado Acadêmico para a Inovação. O programa, que será implantado em três fases, até 2024, visa fortalecer a pesquisa, o empreendedorismo e a inovação nas Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs), por meio do envolvimento de estudantes de graduação e pós-graduação em projetos de interesse do setor empresarial.

Com sete empresas parceiras – Compesa, Ameciclo, Porto Digital, In Forma Software S/A, Tempest, Bruker e a SIDI –, a UFPE aprovou 12 projetos que se inserem nas áreas preestabelecidas pela CNPq, como Tecnologias Habilitadoras; Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável; Recursos Humanos no setor de TI e Tecnologias: para o Desenvolvimento Sustentável: Cidades Inteligentes e Sustentáveis, entre outras.

Os projetos selecionados atenderam aos critérios de aderência a, no mínimo, uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) temas esses considerados prioritários, diante de sua característica essencial e transversal. Já os projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais devem contribuir, em algum grau, para o desenvolvimento das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério.

Projetos de pesquisa contemplados na UFPE

1. Uma abordagem exploratória para identificação de perdas no sistema de abastecimento de água através de Data Science;
2. Métodos antropológicos para modelizações via open data para política pública e planejamento cicloviário sustentável na Região Metropolitana do Recife;
3. Soluções tecnológicas e biotecnológicas em apoio a universalização dos serviços de água e esgoto de Companhia Pública de Saneamento;
4. Ferramenta computacional para otimização operacional de sistemas de produção de água com múltiplos mananciais;
5. Modelagem do Sistema Hidráulico dos Grandes Anéis do Recife;
6. Pesquisa aplicada – Capital Humano em Tecnologia;
7. Habitação, Tecnologia e Cidade: como a inovação tecnológica pode gerar cidades inteligentes e sustentáveis;
8. Mineração de opinião de consumidores;
9. Visão computacional para a segurança de operações em campo;
10. Detecção de ataques por análise de comportamento em Logs através de técnicas de inteligência artificial;
11. Técnicas para priorização de itens para correção de vulnerabilidades; e
12. Desenvolvimento de novos materiais mesogênicos aplicados à determinação da pureza enantiomérica por RMN.

Fonte: Ascom da UFPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital