Gil do vigor da educação Ciência Nordestina

terça-feira, 11 maio 2021

A Universidade Pública Brasileira é o lugar que alimenta o sonho de muitos jovens que querem mudar de vida

O BBB21 apresentou ao Brasil um filho do povo que encontrou na educação sua grande esperança, ou como o próprio Gilberto mesmo diz: “A educação é a única forma que o brasileiro pobre tem de mudar de vida”.

E a verdade que precisa ser colocada é que a Universidade Pública Brasileira é o lugar que alimenta o sonho de muitos jovens nesta condição.

A trajetória para chegar ao fim deste túnel é, no entanto, repleta de dificuldades: para chegar até lá se faz necessário um nível de abstração tremendo, que se configura como uma quase fuga da realidade. Então vejamos: como sonhar que tudo vai dar certo em meio a todas as dificuldades? Falta água na torneira, não há comida na geladeira, a marmita é racionada… E o dia começa e termina com os quatro ônibus lotados, que tiram o pouco do tempo que se teria para estudar. E isso é só parte do sacrifício para chegar até a Universidade. É nesta hora que a fuga é necessária. Resta esquecer dos engarrafamentos intermináveis e abrir espaço para os sonhos.

E no tempo em que o tédio tomaria espaço, o pobre estudante constrói seu futuro nos mínimos detalhes: vale sonhar com as palestras internacionais, com os pós-doutorados nos maiores centros de pesquisa do mundo, com as orientações, com os prêmios. E como faz um roteirista dos melhores filmes, a cada dia as cenas ficam mais completas e coloridas. Diz a lenda que aos pobres só resta sonhar. Esta lenda precisa incorporar que o sonho precisa ser acompanhado de lápis e caderno para ser real. Sim, a casa grande pira quando a senzala aprende a ler. Imagine quando esta senzala sonha em chegar à Universidade Pública, Gratuita e de Qualidade. Esta mistura entre sonhos e conhecimento é revolucionária. Por isso mesmo que a educação vive sob intenso ataque, dia a dia. Apesar disso, o sonho do povo pobre não a deixa morrer – ela é nossa única e última esperança. A educação não pode morrer. Mesmo que seja clichê, precisamos acreditar que o mal não vencerá. Ele passará, e como passarinho, a educação continuará a visitar os pobres que estão sonhando acordados dentro dos ônibus lotados. Eles são o futuro do Brasil.

Viva Gil do vigor.

Viva a UFPE – Universidade nordestina e brasileira, destacada entre as melhores universidades do mundo no último ranking do Center for World University Ranking 2020-2021. A pesquisa de qualidade emana das Universidades públicas.

Viva aos jovens que insistem em sonhar com o impossível.

A eles, posso contar de algo que ouvi de uma acauã (pelas bandas de Petrolina) quando decidi fazer nanotecnologia no sertão: especialmente em noites de lua cheia e de muitas estrelas, enquanto sonhamos, o Criador decide comprar as ideias mais loucas nos mínimos detalhes. Acredite em seus sonhos. Estude!

A coluna Ciência Nordestina é atualizada às terças-feiras. Leia, opine, compartilhe e curta. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br). Use a hashtag CiênciaNordestina.

Leia o texto anterior: Pós-verdade, fake news e pseudociência

Helinando Oliveira é Professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) desde 2004 e coordenador do Laboratório de Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos (LEIMO).

Helinando Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital