Para entender a bandeira do Brasil #HojeÉDiadeCiência

sexta-feira, 7 setembro 2018

José Roberto Costa explica a presença da esfera celeste em nossa bandeira, onde estão representadas nove constelações

O 7 de setembro, como sabemos, marca o aniversário da Independência. O Brasil de hoje é uma república e seu símbolo maior é a bandeira republicana de 1889, adotada poucos dias após o estabelecimento dessa forma de governo.

A bandeira do Brasil é uma das mais belas e sugestivas do mundo e seu principal destaque fica por conta de um círculo central, em azul, onde estão representadas nove constelações. Na verdade, a bandeira do Brasil é a única do mundo que possui a representação de uma esfera celeste. Mas poucos brasileiros sabem disso.

Infelizmente, é raro o estudo da bandeira do Brasil nas escolas e, quando isso acontece, muitas vezes propagam-se erros ou mal entendidos sobre o símbolo máximo do nosso país. O círculo estrelado é precisamente onde se concentram a maior parte deles.

Esfera

Esse céu é justamente o grande diferencial da nossa bandeira. O modelo usado para desenhar as estrelas foi uma esfera celeste. Trata-se de um globo oco, em cuja superfície colocamos as constelações, ou simplesmente a contornamos com tiras de madeira ou metal representando a linha zodiacal, os paralelos e meridianos celestes.

A Terra fica no centro. E essa perspectiva geocêntrica é plenamente justificável: é assim que vemos o céu. Não percebemos a Terra se mover apenas com os nossos sentidos, mas eles são suficientes para nos indicar que o Sol, a Lua e as estrelas “se movem” sobre nós, como se estivessem todos sobre uma mesma superfície: a “abóbada celeste”. A esfera celeste é usada até hoje no estudo da Astronomia e também na navegação.

O círculo interno da nossa bandeira, em azul, corresponde a uma imagem dessa esfera inclinada segundo a latitude da cidade do Rio de Janeiro às 08h e 37min (ou 12 horas siderais) do dia 15 de novembro de 1889 (data da Proclamação da República). Trata-se da mais completa ilustração celeste já imaginada para uma bandeira nacional.

Estrelas

Ao contrário da bandeira de outros países, como os Estados Unidos, com 50 estrelas dispostas em linhas alternadas de 6 e 5 estrelas, a Bandeira do Brasil tem posições muito bem definidas para suas 27 estrelas, que de fato reproduzem aproximadamente as suas posições na esfera celeste. Em nossa bandeira, cada estrela representa um estado da Federação.

Mas é errado entender esse “céu da bandeira” como um “aspecto do céu real”. Na verdade é como se estivéssemos com uma esfera celeste em nossas mãos: as constelações ficam espelhadas, invertidas!

A bandeira do Brasil traz uma representação estilizada do firmamento. Ela não é uma carta celeste. O céu foi desenhado para representar, aproximadamente, o instante do nascimento da República e a constelação do Cruzeiro do Sul ocupa uma posição de destaque por causa do nome original “Terra de Santa Cruz” e ainda à lembrança da “Cruz da Aviz” e da “Cruz de Cristo” que foram usadas nos galeões de Cabral.

O aniversário da bandeira do Brasil é no dia 19 de novembro. Voltaremos a comentar sobre ela nesse mês. Até lá e bom feriado da Independência.

Gostou da coluna? Do assunto? Quer sugerir algum tema? Queremos saber sua opinião. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br). Use a hashtag #HojeeDiadeCiencia.

Leia o texto anterior: Constelações, as 88 maravilhas do céu

Leia também Astronomia Zênite

José Roberto de Vasconcelos Costa

2 respostas para “Para entender a bandeira do Brasil”

  1. CLAUDIO MANUEL RODRIGUES disse:

    Bom dia, bem interessante a perspectiva que traz para entendermos um pouco da história brasileira e das particularidades simbólicas de nossa bandeira nacional.
    Como leigo, mas interessado nas belezas do céu, tive muito prazer em ler seu artigo.
    Abraços

  2. José Roberto disse:

    Fico feliz ao ler seus comentários e por lhe ter sido útil, Claudio. Esse é realmente um tema fascinante, embora pouco explorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital