Quem foi Maria Beatriz Nascimento? Diversidades

segunda-feira, 10 junho 2019

A historiadora é considerada uma das grandes pesquisadoras dos estudos étnicos sobre o negro no Brasil

O professor Ricardo Alexino Ferreira traça o perfil da historiadora sergipana Maria Beatriz Nascimento, “uma das grandes pesquisadoras que o Brasil teve nos estudos étnicos sobre os negros brasileiros, os quilombos e a condição da mulher negra”. Em artigo publicado na Revista de Cultura Vozes, em 1974, ela critica a Academia por não estudar a questão do negro fora do âmbito da escravização. Segundo Alexino, o nome dela é pouco reverenciado na atualidade.

O trabalho da historiadora e sua trajetória como militante da defesa dos direitos dos negros mereceu algumas obras importantes, como o livro biográfico Eu sou Atlântica, escrito pelo antropólogo Alex Ratts, e também o documentário Ôri, lançado em 1989 e dirigido pela socióloga Raquel Gerber. Beatriz Nascimento morreu assassinada ao defender uma amiga do companheiro violento, em 1995, aos 53 anos.

Ouça a coluna:

Crédito: Rádio USP

A coluna Diversidades é atualizada às segundas-feiras. Ouça, opine, compartilhe e curta. Use a hashtag #Diversidades. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br).

Ouça a coluna anterior: Por que junho é o mês do orgulho gay?

Ricardo Alexino Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital