Seja parceiro do Nossa Ciência: o portal de divulgação científica do nordeste Ciência Nordestina

terça-feira, 2 abril 2019

Nessa edição especial da coluna, o professor Helinando Oliveira convoca seus leitores a serem incentivadores da ciência brasileira

Quem já andou na rua, no ônibus ou no metrô e já viu alguém folheando os artigos de um periódico internacional (tipo Nature ou Science)?

E quem já assistiu o mundo de Beakman, algum episódio do Big Bang Theory ou programas como Cosmos ou o SciShow?

Eu, por exemplo, nunca vi ninguém folheando um periódico enquanto viaja de ônibus, mas já vi inúmeras pessoas assistindo a estes programas de TV. Esta diferença entre a abrangência dos dois tipos de comunicação se deve à linguagem usada: para atrair a atenção do público é necessário fugir à linguagem formal e sisuda da academia.

E assim, os canais de divulgação científica seguem captando novos leitores e ampliando a gama de possíveis incentivadores da ciência.

Um detalhe importante precisa ser ressaltado neste ponto: de todos os canais de divulgação que citei anteriormente, nenhum era brasileiro. A ciência brasileira permanece distante do seu povo e carece de canais de divulgação que façam a ciência ser um papo acessível e descontraído.

Quando fui convidado pela jornalista Mônica Costa para ser colunista do Nossa Ciência pensei de imediato em falar da ciência feita por nordestinos – uma ciência nordestina com certeza. E desde 2017 venho escrevendo colunas semanais (esta é a de número 84) para o Nossa Ciência. E como em um trabalho de formiga, uma nova coluna do Ciência Nordestina sai sempre a cada terça – bem cedinho – com muito prazer.

E para que este sonho de ter um canal de divulgação científica nordestino permaneça vivo e cresça cada vez mais, o portal Nossa Ciência precisa de nossa ajuda.

Para apoiar o Nossa Ciência é bem fácil: são apenas 20 reais mensais (saiba mais em https://nossaciencia.com.br/apoio/ ou envie mensagens para redacao@nossaciencia.com.br).

O trabalho sério conduzido pelas jornalistas Mônica Costa e Edna Ferreira merece todo nosso apoio. O portal Nossa Ciência vem demonstrando um crescimento considerável nos últimos meses e é uma iniciativa que veio para ficar.

A ciência nordestina merece ter o Nossa Ciência como seu canal de divulgação. Apoie esta ideia.

A coluna Ciência Nordestina é atualizada às terças-feiras. Leia, opine, compartilhe e curta. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br). Use a hashtag CiênciaNordestina.

Leia o texto anterior: DNA Hachimoji: as oito letras de um DNA artificial

Helinando Oliveira é Professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) desde 2004 e coordenador do Laboratório de Espectroscopia de Impedância e Materiais Orgânicos (LEIMO).

Helinando Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital