A um passo da geração 5G SCIARÁ

quarta-feira, 22 agosto 2018

Grupo de pesquisa da UFC conquista prêmio de periódico referência na área de telecomunicações com artigo sobre sistemas de comunicação sem fio

O melhor artigo do ano eleito pela IET Communications, promovida pelo Institute of Engineering and Technology – uma das maiores instituições de engenharia do mundo, é de pesquisadores do Ceará. O artigo “Massive MIMO: survey and future research topics” foi escrito pelos professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) André Lima Férrer de Almeida, Tarcísio Maciel e João Cesar Mota, membros do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações sem Fio (GTEL). O trabalho também contou com a participação do ex-aluno Daniel Araújo e a parceria do professor Minho Jo, da Universidade da Coreia.

A tecnologia MIMO (abreviação de Multiple Input e Multiple Output) tem sido considerada um avanço nos sistemas de comunicação sem fio. Consiste em equipar uma estação base com um grande número de antenas para atender a muitos usuários ativos no mesmo bloco de tempo e freqüência. Entre suas vantagens está a possibilidade de concentrar a energia do sinal transmitido em áreas de alcance muito curto, o que proporcionará enormes melhorias em termos de capacidade do sistema.

Os pesquisadores explicaram, ao site da UFC, que o artigo apresenta um survey sobre tecnologias de transmissão sem fio de múltiplas entradas e múltiplas saídas, em que um grande número de antenas (de dezenas a centenas) são empregadas em um transmissor/receptor. De acordo com o professor André Férrer, os sistemas MIMO farão parte das telecomunicações sem fio, incluindo a quinta geração das redes móveis celulares (5G).

O Grupo de Pesquisa em Telecomunicações sem Fio (GTEL) foi criado no ano 2000, com o objetivo de desenvolver tecnologia em comunicação sem fio, através da pesquisa acadêmica e aplicada. O GTEL é vinculado ao Departamento de Engenharia de Teleinformática (DETI), da UFC. Os trabalhos desenvolvidos pelo grupo visam, através de modelos matemáticos, otimizar o uso da telefonia móvel para, em última análise, baratear custos e tornar o serviço mais confiável e seguro para os usuários, além de integrar as tecnologias atuais, viabilizando sua intercomunicação. São reproduzidas e estudadas pelos pesquisadores todas as dificuldades técnicas encontradas no dia-a-dia, como o intenso tráfego de sinais de rádio das grandes cidades e as limitações das tecnologias de rede atuais.  O Grupo tem atuado fortemente em projetos amparados na Lei de Informática.

Para ler o trabalho completo acesse aqui.

Para conhecer o trabalho desenvolvido pelo GTEL, visite o site do grupo.

* Com informações da UFC

A coluna SCIARÁ de Giselle Soares é atualizada semanalmente. Leia, opine, compartilhe, curta. Use a hashtag #Sciará. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia).

Leia o texto anterior: Talento cearense premiado

Giselle Soares é jornalista, graduada pela Universidade Federal do Ceará, com especialização em Jornalismo Científico pela mesma instituição e Mestrado em Divulgação Científica e Cultural pelo Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp.

Giselle Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital