Cresce bibliografia sobre o negro brasileiro Diversidades

segunda-feira, 27 agosto 2018

O número de livros, artigos, dissertações e teses sobre questões étnico-raciais tem sido significativas nas últimas décadas

As produções científicas, principalmente elaborações de Trabalhos de Conclusão de Cursos (TCCs), dissertações e teses sobre questões étnico-raciais, têm sido significativas nas últimas décadas. Na edição desta semana da coluna Diversidades, o professor Ricardo Alexino Ferreira fala sobre as obras que têm elencado livros, artigos, dissertações e teses sobre o tema.

Ele destaca o livro Bibliografia sobre o Negro Brasileiro, de Solange Couceiro, publicado em 1971 pela USP, considerado uma das primeiras obras de referência a listar pesquisas e estudos envolvendo questões étnico-raciais. Para Alexino, a autora é uma referência para os trabalhos abordando as questões étnico-raciais. “A obra de Solange Couceiro inspirou muitos pesquisadores na sistematização de referências bibliográficas sobre o tema”, afirma o professor.

O professor também fala sobre o livro Repertório Bibliográfico sobre a Condição do Negro no Brasil lançado pelo Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos e publicado pela Biblioteca da Câmara dos Deputados Federais.

Ouça a coluna:

A coluna Diversidades é atualizada às segundas-feiras. Ouça, opine, compartilhe e curta. Use a hashtag #Diversidades. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br).

Ouça a coluna anterior: Segmentos da diversidade e direita: uma relação incompatível

Ricardo Alexino Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital