A cultura afro no imaginário brasileiro Diversidades

segunda-feira, 4 março 2019
Danse de la Guerre, de 1835 – Ilustração: Johann Moritz Rugendas via Wikipédia Commons

Os arquétipos africanos estão presentes no imaginário brasileiro e não há como negá-los

Dentro da série de reprises que estamos realizando da coluna do professor Ricardo Alexino Ferreira, nessa edição publicamos um material produzido em dezembro de 2016. Ele aborda como as culturas africanas e afro-brasileiras são essenciais em vários aspectos e estão presentes em nosso dia a dia. Mas será que isso é percebido no nosso cotidiano? Para o professor Alexino Ferreira nas escolas se exaltam muitos as mitologias greco-romanas, talvez as mitologias africanas pudessem ser inseridas de forma mais efetiva no ensino, pois elas estão na essência brasileira e também nos nossos afetos.

Alexino explica que esses elementos também estão na nossa psique – aquilo que o psicólogo Carl Gustav Jung chama de “inconsciente coletivo”. Esses aspectos são essenciais na formação daquilo que chamamos de cultura brasileira, desde a nossa linguagem, cultura, ciência, tecnologia até a nossa percepção de mundo. “Tire todos esses aspectos e sobrará muito pouco da essência brasileira”, afirma.

Ouça a coluna:

A coluna Diversidades é atualizada às segundas-feiras. Ouça, opine, compartilhe e curta. Use a hashtag #Diversidades. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br).

Ouça a coluna anterior: Hino contra a intolerância

Ricardo Alexino Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital