A Revolta da Chibata: um movimento social importante Diversidades

segunda-feira, 29 julho 2019
Marinheiros revoltosos (1910). João Cândido seria o marinheiro alto no centro, ao lado do repórter de terno – Foto: Brazilian Navy via Wikimedia Commons

De grande importância na história do Brasil, esse movimento expôs a gênese violenta da República brasileira, que já naquele momento demonstrava ignorar as questões sociais

A Revolta da Chibata foi um movimento social de grande importância para a história do Brasil, porque empodera aqueles que são considerados desvalidos e coisificados pelo sistema vigente. O movimento, na primeira década do século 20, põe em ação militares da Marinha nacional, negros em sua maioria, que se revoltam contra os tratamentos abusivos recebidos dos oficiais, que não raro recorriam à chibata como forma de punição, daí o nome pelo qual ficou conhecido na história. O movimento teve como um de seus líderes João Cândido Felisberto, um filho de ex-escravos.
Ouça a coluna:

Crédito: Rádio USP

A coluna Diversidades é atualizada às segundas-feiras. Ouça, opine, compartilhe e curta. Use a hashtag #Diversidades. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br).

Ouça a coluna anterior: Qual a importância de Macunaíma para a cultura brasileira?

Ricardo Alexino Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital