Dia da equidade racial Diversidades

segunda-feira, 18 março 2019

Para colunista, a data pode ser considerada o início do ano na promoção de reflexões sobre o racismo no Brasil e no mundo

Dentro da série de reprises que estamos realizando da coluna Diversidades, nessa edição publicamos um material produzido em março de 2017. O professor Ricardo Alexino Ferreira trata da comemoração do Dia Internacional contra a Discriminação Racial, que aborda a igualdade de oportunidades. Instituída em 21 de março de 1969, a data rememora o massacre de Shaperville, que ocorreu nos arredores de Joanesburgo, na África do Sul, em março de 1960, em pleno Apartheid. O massacre ocorreu quando manifestantes contrários à Lei do Passe, que limitava a circulação dos negros, foram mortos pela polícia. O acontecimento marcou o início do fim do regime segregacionista sul-africano.

Atualmente a data pode ser considerada o início dos debates e reflexões sobre o racismo persistente no Brasil e em outros países. Dentro desse debate tem se feito a separação entre igualdade e equidade, onde o termo equidade se refere ao entendimento das grandes diferenças existentes nas sociedades, sendo necessário criar políticas afirmativas para os diferentes grupos de excluídos.

Ouça a coluna:

A coluna Diversidades é atualizada às segundas-feiras. Ouça, opine, compartilhe e curta. Use a hashtag #Diversidades. Estamos no Facebook (nossaciencia), Twitter (nossaciencia), Instagram (nossaciencia) e temos email (redacao@nossaciencia.com.br).

Ouça a coluna anterior: Feminismo interseccional

Ricardo Alexino Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital