Universidades do nordeste investem em sustentabilidade(3) Especial

quarta-feira, 6 junho 2018

Sistema de redução de consumo d’água na Universidade Federal de Campina Grande gerou economia de R$ 1 milhão

Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), Nossa Ciência mostra algumas iniciativas de instituições nordestinas para tornar eficiente a utilização da energia elétrica, reduzir ainda mais o consumo ou desperdício de água e promover o desenvolvimento sustentável na Universidade e na sociedade, na perspectiva de um ambiente saudável e ecologicamente equilibrado. Os projetos fazem parte de uma série especial apresentada ao longo dessa semana. Acompanhe.

Desde que foi implantado em 2014, no campus sede da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o Projeto de Reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água da Prefeitura Universitária já gerou uma economia de R$ 1 milhão aos cofres da instituição. Conheça o projeto da UFCG.

Projeto de Reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água

Na implantação do projeto foi investido cerca de R$ 1,5 milhão, em ações como a construção de novos reservatórios de com válvulas de baixo consumo. Além dessas ações infraestruturantes, foram confeccionadas placas alertando para o uso racional da água.

Segundo dados levantados pela equipe água e recuperação dos já existentes, execução de uma nova rede de abastecimento, instalação de hidrômetros em cada prédio do campus e a substituição dos vasos sanitários e torneiras por modelos da PU, no primeiro ano de instalação do sistema houve uma redução de 50% do consumo de água – 2015 comparando-se com 2014. Já comparando 2017 com 2014, a redução chegou a 70% do consumo.

“Com esses dados, confirmamos nossa expectativa de ter o retorno do investimento em quatro anos e continuamos com nossa política constantes de ações para sanar vazamentos, substituição de aparelhos por outros mais modernos e eficientes, consolidando cada dia mais o sistema implantado”, afirma o engenheiro civil, Antônio Leomar, idealizador do projeto que é fruto da sua dissertação de mestrado em Engenharia Civil.

Sistema de monitoramento remoto

Atualmente, a medição do consumo de água para monitoramento é feita manualmente uma vez por semana. Um novo sistema está sendo desenvolvido pela equipe da Prefeitura juntamente com professores e estudantes dos cursos de Engenharia Civil e Ciência da Computação para realizar o monitoramento remotamente. A expectativa é que o protótipo seja finalizado em maio e esteja em pleno funcionamento no segundo semestre.

“Com o sistema automático nós teremos uma atualização diária e conseguiremos sanar com mais rapidez os vazamentos, avaliar consumos anormais – tanto para mais quanto para menos – e reduzir ainda mais o consumo ou desperdício d’água dentro do campus”, avalia Leomar.

A comunidade acadêmica também pode contribuir informando sobre vazamentos ou falta d’água através do telefone (83) 2101.1561.

Logo após a finalização desse projeto, a Prefeitura Universitária vai viabilizar estudos para implantação do sistema nos campi fora de sede da UFCG.

Leia outras matérias dessa série

UFRN aprova política ambiental

Miniusina solar fotovoltaica da UFAL

UFPB desenvolve sensor inteligente para reduzir consumo de energia elétrica

Grupo de Trabalho sobre Energia Fotovoltaica da UFC

 

Fonte: Ascom da UFCG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido pela Interativa Digital